Opinião dos Consumidores:0
Ref:
000630

Desodorante Natural de Sálvia 100ml – Weleda

Por: R$ 87,34ou X de

Desodorante-Natural-de-Salvia-100ml-–-Weleda
Desodorante Natural de Sálvia 100ml – Weleda
Por: R$ 87,34ou
4x de R$ 21,83
sem juros
ComprarVendedor useorganico
Comprar

Especificações

Características do ProdutoOrgânico, 100% Natural, Gluten Free, Vegano, Não Trans

Descrição

O Desodorante de Sálvia da Weleda possui uma fórmula 100% natural elaborada a base de ervas aromáticas como a sálvia, o tomilho e o alecrim, que previnem e neutralizam os maus odores da transpiração sem obstruir os poros ou impedir a sudorese natural. Respeita o equilíbrio natural da pele, protege e refresca. Possui uma fragrância refrescante de efeito duradouro. Desodorante livre de Alumínio 

Características
• Produto 100% Natural e Vegano certificado pela Natrue
• Possui propriedades antissépticas, hidratantes e neutralizantes
• Frasco de vidro reciclável, com spray de bomba manual - sem aerossol
• Fórmula livre de sais de alumínio

Indicação
O Desodorante de Sálvia da Weleda é indicado para todos os tipos de pele.

Ingredientes
Composição: Álcool, Água, Fragrância¹, Óleo de Salvia Officinalis, Glicirrizato de amônio, Limoneno¹, Linalol¹, Benzoato de benzila¹, Geraniol¹, Curmarina¹.

¹ produzido a partir de óleos essenciais

##Natrue.jpg## ##IBD.jpg## ##Vegan_Info.jpg##

Fórmula livre de: de açúcar, adoçantes artificiais, surfactantes, conservantes, aromas e corantes sintéticos ou de matérias-primas derivadas de óleos minerais. Produto não testado em animais.

Modo de Usar
Espirre o desodorante de sálvia da Weleda nas axilas limpas e secas. Reaplique quando necessário. Ao usar, evite o contato com os olhos ou mucosas. O produto é inflamável.
Dicas: também pode ser usado nos pés para refrescar e revitalizar - especialmente no verão.

Precaução
Havendo irritação suspenda o uso, não usar sob a pele ferida. MANTER FORA DO ALCANCE DE CRIANÇAS. Conservar em local fresco. Uso externo. Não ingerir.

Avaliações

Avaliação do Produto

Dúvidas

Dúvidas dos consumidores